NUCE Concursos

ÁREA RESTRITA

» Cadastre-se agora

» Esqueci a senha
Quer ter acesso a informações e serviços exclusivos?

Notícias

10-08-2010

Guarda Municipal de Salvador: concurso para 1.600 vagas.

 Quem possui o nível médio e deseja se tornar servidor público terá uma nova oportunidade no primeiro semestre de 2011. O secretário de Serviços Públicos e Prevenção à Violência (Sesp) de Salvador, Fábio Mota, anunciou que a Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção à Violência (Susprev), conhecida como Guarda Municipal, vinculada à Sesp, fará concurso para preencher cerca de 1.600 vagas. "A Administração não fez a seleção este ano, porque entendeu que deveria ser feita a reestruturação, e o novo concurso, no primeiro semestre", disse o secretário.

Segundo Fábio Mota, os futuros profissionais receberão remuneração de R$1.200, valor que poderá ser acrescido com a bolsa formação de R$400, projeto que é realizado pelo Ministério da Justiça em parceria com a Prefeitura do Salvador através do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), desde outubro de 2008. O valor é dado durante o curso de reciclagem, que tem por objetivo combater a criminalidade, dando suporte à qualidade do ensino para os agentes da Guarda. A contratação dos futuros servidores será feita em regime estatutário, que assegura estabilidade.

A organizadora da seleção será a Fundação Carlos Chagas (FCC), instituição que também realizou o último concurso, em 2007. "Quando a Carlos Chagas ganhou a licitação, foi para realizar o concurso em duas etapas, a de 2007 e essa que será feita em 2011", afirmou o secretário.

Por esse motivo, aqueles que desejam se preparar para a seleção já podem estudar com base no conteúdo programático de 2007, como disse Fábio Mota (veja conteúdo programático abaixo). "Quem for fazer o concurso já pode começar a estudar pelo último conteúdo programático, mas tem que se preocupar também com o teste físico. Essa etapa eliminou muitos candidatos por ser muito rígida, até mesmo pelas atividades exercidas pelos guardas", afirmou.

A Guarda é composta por 1.415 servidores, além de 60 profissionais cedidos de outros órgãos do município para atividades administrativas. Entre as atribuições dos novos guardas está a atuação na prevenção de atos que atentem contra os bens, instalações e serviços municipais, além deles atuarem como força complementar dos órgãos e entidades da Administração Municipal em instalações internas, equipamentos urbanos, monumentos, vias públicas e áreas de proteção ambiental.

"A Susprev nos ajuda também no ordenamento do comércio informal e no trânsito. Atua também na Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (Sucom), nos mutirões de limpeza. Ela está muito vinculada à prevenção e ao apoio às ações de fiscalização do município", informou Mota.

Última seleção - Em 2007, os mais de 50 mil inscritos responderam a 50 questões de Português, Matemática e Conhecimentos Gerais (História, Geografia e Atualidades), na prova objetiva, além de realizarem avaliação de títulos, teste de aptidão física (TAF), avaliação psicológica e exame médico.

A taxa de inscrição foi de R$57,40 e a validade do concurso, de dois anos, prorrogável. De acordo com o secretário, todos os classificados foram convocados e ainda houve sobra de vagas, por isso, será realizado um novo concurso.

O teste físico, etapa que eliminou grande parte dos concorrentes, foi composto por teste dinâmico e estático de barra fixa, para homens e mulheres, respectivamente; abdominal; e corrida de 2.400m, de 13min (homens) e 15min (mulheres). Já no teste psicológico foram avaliados personalidade, potencial de desenvolvimento cognitivo e aptidões.

A Guarda Municipal passa este ano por uma reestruturação, conforme informou o secretário de Serviços Públicos e Prevenção à Violência (Sesp) de Salvador, Fábio Mota. De acordo com ele, foi aprovado um convênio de R$2 milhões para a qualificação e o aperfeiçoamento dos guardas pelo Ministério da Justiça, através do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). No momento, é aguardada a liberação da verba. "Fizemos projetos de capacitação, de qualificação, de equipamentos para a Guarda, que envolvem novas viaturas, motocicletas, coletes, armas letais e não-letais", afirma.

Segundo o secretário, desde o início do seu mandato, ocorreu uma série de evoluções. Primeiro, foi a reestruturação do Salvamar, grupamento marítimo municipal, que foi encontrado desmotivado, sem sede própria e sem centro de treinamento. Para o órgão, também foi feito concurso público, além de receber equipamentos com alto nível para salvamento aquático.

De acordo com ele, outro grande passo foi a realização de concurso para Guarda Municipal, em 2007, que não tinha uma estrutura. Também foram implementados mais de 60 mil novos pontos de iluminação pública, e os postes de concreto foram trocados pelos de aço galvanizado, que dão melhor fluxo luminoso e diminui índices de mortes em casos de colisão. "Um outro ponto positivo é que Salvador é a única capital do Brasil que possui cremação gratuita para a população de baixa renda", disse.

Atualmente, o maior desafio encontrado pela secretaria é o ordenamento do comércio informal, que é ocasionado pelos altos índices de desemprego na cidade. Fábio Mota informou que há um projeto aguardando aprovação na Câmara dos Vereadores, que cria locais para o comércio informal em Salvador. "Aqui não tem uma lei onde pode ou não comercializar do ponto de vista informal. Estamos também criando em cinco áreas da cidade shoppings dos ambulantes, com sentido de tirar os ambulantes das ruas", adiantou.

Um diferencial da Guarda Municipal é a futura utilização de armas. Conforme informou o secretário, a garantia vem da legislação que afirma que cidades onde possuam mais de 500 mil habitantes cabe à Administração armar ou não a Guarda, e o prefeito de Salvador já determinou que ela será armada. "Mas primeiro iremos aperfeiçoar, estruturar e depois treinar. E se o guarda conseguir atingir todos os requisitos necessários, receberá armas letais", explicou Mota, acrescentando que é favorável à utilização do armamento, desde que os profissionais sejam qualificados, façam treinamentos e alcancem êxito nos psicotestes determinados pela legislação.

A Superintendência de Segurança Urbana e Prevenção à Violência (Susprev), conhecida como Guarda Municipal, é vinculada à Secretaria de Serviços Públicos e Prevenção à Violência (Sesp). Ela presta apoio à Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) durante o período da Operação Lei Seca, e à Superintendência de Controle e Ordenamento do uso do Solo do Município (Sucom), nas operações de combate à poluição sonora. A Guarda Municipal de Salvador também apoia a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nos mutirões de combate à dengue.

 

Fonte: Folha Dirigida .

 

 

Compartilhe

NUCE - Núcleo de Concursos Especial
Rua Joaquim Felipe, 60 Boa Vista (ao lado da Celpe) - Recife - PE
contato@nuceconcursos.com.br
Fone: (81) 3198 1414
Criação de Sites e Comunicação Digital: Agência Qualitare